28 dezembro 2011

Eu Li #3 * O Elo - Capítulo 1: A Coluna - Marcello Salvaggio e Valerio Oddis Jr.

Olá Pensadores!!!

Hoje é dia de resenha!
O Elo é o livro que foi enviado pela Adriana vargas. Ele faz parte do BT do Clube dos Novos autores e é o meu primeiro livro(do BT) lido! Demorou um pouco, e peço desculpas a todos vocês e a Adriana Também! Então vamos logo e comentem pra valer!!!


               Sinopse:

Nesta que foi a primeira obra a ser concebida para o universo da Trissência, a trama se passa em um contexto paralelo mágico-fantasioso, sendo inicialmente centrada em três personagens que se verão envolvidos nos fluxos criativos, preservadores e transformadores de seu planeta, sentindo-os em suas almas. Diante de um portal que depende dos corações humanos, ocorrerão conflitos internos e externos, descobertas espirituais e, o fundamental, despontará a árvore que alcança os céus e possui raízes firmes na terra, a Ligação, que permanece, sólida ou num lampejo que a revela por um instante. O eixo da trama é a Trissência, constituída por três forças cósmicas primordiais: Poder, Sabedoria e Prosperidade. A história se inicia com a chegada de Tirésias, um vidente cego e andrógino, à ilha de Himavat, residência dos Supremos Sacerdotes Rudra e Parvati, dirigentes espirituais ocultos deste mundo paralelo. Ambos requisitaram a presença do sábio para localizar os portadores dos sahajas, os amuletos lendários que permitem aos que os possuem canalizar a essência trina. Os protagonistas Erik Donar, um mercenário, Sofia Simurg, uma maga, e Aido, o protetor de seu vilarejo em um “mar de árvores”, logo receberão sobre si os olhos do cego...

Meu Comentário:
O livro centra a maior parte da história em três personagens principais: Erick Donnar(O portador de tempestades), Lohengrin( o cavaleiro do cisne) e Aido(Um perfeito Samurai). Porém a história também cita o Tirésias, que é o vidente cego e andrógino que passa pela história mas não se explica muito dele. Temos também a Sofia, uma maga do Colégio de Walpurga que tem uma história muito interessante.
Erick Donnar é um Gladiador muito talentoso que tem verdadeira admiração pela arte da luta, "filho" de outro gladiador, e que mais tarde torna-se um mercenário tal como Lohengrin que tem ideais semelhantes aos seus (pelo menos é o que ele acha). Aido é um daqueles samurais que deixam qualquer um embasbacado com a habilidade de vencer seus oponentes.
Então gente...minha opinião sobre o livro é a seguinte: Confesso que não é o meu estilo de leitura e por vezes o rumo da história me pareceu meio confuso, espero que isso possa melhorar no próximo. Mas isso não me impediu de achar coisas boas nele não!O livro está repleto de passagens lindas, e de personagens as vezes bem contraditórios (isso não me incomodou). Os seres humanos são contraditórios então esse fato deixou o livro(apesar de ficção) mais próximo da realidade.
É uma trama construída em fantasias, porém não totalmente fantasiosa. Por vezes os autores aludiram a religiões e figuras do mundo moderno, tais como: O islamismo, Meca(e a peregrinação dos muçulmanos a sua terra santa) entre outros. Menciona também um pouco de cultura oriental. Enfim, é um livro-mosaico de idéias! Parabéns mais uma vez aos Autores especialmente pelas belas palavras e formas de ver a vida e a realidade(amei algumas palavras de Aido). 
Gostei especialmente dessa parte( não é do Aido, kkk.)

Um bom homem uma vez disse: "Olho por olho, dente por dente. Ele tinha toda razão. O que temos hoje? Um mundo cego e Banguela.
Bom, espero que tenham gostado! Até o próximo post!!! Comentem Muito!!!

10 comentários:

  1. oi, adorei seu blog e estou seguindo. Gostaria de saber se podemos fazer parceria, basta me seguir e avisar que venho buscar seu banner.
    http://amorimortall.blogspot.com/
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Gosto desse tipo de literatura, e sua resenha honesta me deixou curiosa a respeito desse livro.
    A capa é perfeita, adorei .
    Parabéns !!

    Beijos
    Vivi
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir
  3. Também acho que esse livro não faz muito meu tipo :S
    Mas pelo que entendi, posso sim gostar dele.
    Beijos
    Geê - almaleitora.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Bom creio que gostarei deste porque curto muito o gênero fantasia e adoro intertextualidade e me parece pela resenha que está recheado delas.www.tribodolivro.com

    ResponderExcluir
  5. Adoro "viagens", como esta que o autor propõe, e a cultura oriental sempre me atraiu. Parabéns pela Criatividade!

    ResponderExcluir
  6. Parabéns ao autor pela criatividade! Adoro "viagens" como esta!!!

    ResponderExcluir
  7. Woooow quantas dúvidas hehehehe
    Quantas páginas tem o livro? Espero que muitas hehehe
    Qe coisa loooouca!!! Comecei a rir com a sinopse com o tanto de coisa que eu terei de descobrir lendo o livro. Adoro isso!
    Como o colega Rubens aqui em cima disse adoro viagens... e essa parece ser uma muito boa!!!

    Gostei da resenha... sincera e transparente.
    Grande abraço!

    http://rccincoluas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Parabéns! Gostei muito da resenha!!!
    O livro me pareceu bem rico e despertou a minha curiosidade!

    Anna Leão

    http://blogdarainhadafloresta.blogspot.com
    www.annaleao.com.br

    ResponderExcluir
  9. Amei a resenha.
    Sucesso sempre!!!

    ResponderExcluir
  10. Olá Luana!

    Obrigada por ler e resenhar o Clube dos Novos Autores!
    Huahuahua, foi a primeira resenha que apontou dados negativos no livro, pois todas as outras sempre elogiaram-no bastante.
    Ainda não o li, mas creio que vou gostar!
    O máximo que aconteceu, foi tocar no livro, achei-o lindo!!!

    De todo modo, gostei da sinceridade em expressar a sua opinião!
    Um abraço!

    ResponderExcluir

Olá!
Deixe aqui a sua opinião sobre a postagem e sobre o blog!
Peço que não usem de palavras obscenas.
Obrigada por comentar!Bom Pensamento!!!
Voltem Sempre*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...