18 fevereiro 2012

Eu Li #8 * A Passagem - Justin Cronin

Resenha: A Passagem - Justin Cronin

Informações:
Edição: 1
Editora: Sextante
ISBN: 9788599296820
Ano: 2010
Páginas: 816
Tradutor: Ivanir Calado

Sinopse: Primeiro, o imprevisível: a quebra de segurança em uma instalação secreta do governo norte-americano põe à solta um grupo de condenados à morte usados em um experimento militar. Infectados com um vírus modificado em laboratório que lhes dá incrível força, extraordinária capacidade de regeneração e hipersensibilidade à luz, tiveram os últimos traços de humanidade substituídos por um comportamento animalesco e uma insaciável sede de sangue. Depois, o inimaginável: ao escurecer, o caos e a carnificina se instalam, e o nascer do dia seguinte revela um país – talvez um planeta – que nunca mais será o mesmo. A cada noite, a população humana se reduz e cresce o número de pessoas contaminadas pelo vírus assustador. Tudo o que resta aos poucos sobreviventes é uma longa luta em uma paisagem marcada pelo medo da escuridão, da morte e de algo ainda pior. Enquanto a humanidade se torna presa do predador criado por ela mesma, o agente Brad Wolgast, do FBI, tenta proteger Amy, uma órfã de 6 anos e a única criança usada no malfadado experimento que deu início ao apocalipse. Mas, para Amy, esse é apenas o começo de uma longa jornada – através de décadas e milhares de quilômetros – até o lugar e o tempo em que deverá pôr fim ao que jamais deveria ter começado. A passagem é um suspense implacável, uma alegoria da luta humana diante de uma catástrofe sem precedentes. Da destruição da sociedade que conhecemos aos esforços de reconstruí-la na nova ordem que se instaura, do confronto entre o bem e o mal ao questionamento interno de cada personagem, pessoas comuns são levadas a feitos extraordinários, enfrentando seus maiores medos em um mundo que recende a morte.
Meu Comentário:O livro é bem complexo para se falar. O que eu posso dizer é que: O autor é um mestre da ficção. O livro fala sobre um vírus produzido por um cientista e apoiado pelo exército americano, com o intuito de fazerem super soldados.
O experimento era feito em prisioneiros condenados a morte, doze no total, e sempre acabava dando errado... resultando em verdadeiros monstros... chamados de virais.
Começamos pela história de Amy, que é apesar de tudo a personagem mais central do livro. Passamos alguns capítulos explicando a origem e a ligação da garotinha com toda a trama do livro. Temos então, a primeira “rodada” de personagens, como por exemplo: Wolgast, Doyle e irmã Lacey.
Mas confesso que a parte que mais empolgou foi a segunda parte do livro, a parte em que era contada a história dos sobreviventes do período de quarentena (um tempo não muito curto...) dos EUA ( como foi chamado o período em que os virais ficaram soltos acabando com a humanidade). Temos nesse núcleo personagens como: Petter, Alicia, Sara e Michael. Foi essa segunda parte da história que me fez ficar empolgada com história, afinal... Eram sobreviventes vivendo em um lugar isolado como se fosse o início dos tempos. Bem isso continua até Amy aparecer em suas vidas. Aiai... Vou parar por aqui antes de soltar spoiler...rsrs.
Demorei pra ler o livro não pela extensão dele (816 p.) e sim porque houve uma parte em que ele se tornou maçante e parou de me interessar... Obviamente esse meu pensamento não durou muito tempo, afinal, decidi prosseguir com a leitura e digo uma coisa: Não me arrependo!!!
A quantidade de personagens é algo que pode atrapalhar a leitura de algumas pessoas. São muitos nomes e sobrenomes... Nada que possa atrapalhar muito, ou pelo menos is
so não me incomodou.
A leitura, apesar de longa (e em certas partes, cansativa) é bem empolgante e inteligente. Quem gosta de uma boa ficção, este livro é uma ótima pedida! Ah! E não pode se importar com a extensão da leitura hein?
Comenta aí gente!!!

16 comentários:

  1. tem muita ficção baseada em fatos reais e vice-versa, é incrível como um escritor consegue criar então e dar vida à personagens e situações que nos fazem materializá-los pelo menos na mente! o último livro que li e gostei muitooo foi "a guardiã da minha irmã", ótimo livro que virou filme! bj e ótimo dia todos os dias!!!

    ResponderExcluir
  2. Luana...não entendi bem...ele é o mesmo autor de A Cabana? Pois a capa lembra muuuuito....parabéns por sua resenha, querida

    ResponderExcluir
  3. Olá :)
    Este livro eu não conhecia :O
    E nem vai dar pra ler agora...tenho vários livros aqui ..estou sem tempo :(

    Mas meus parabéns pelo post *-*
    Beijos e tenha um excelente carnaval
    _______________________
    RIMAS DO PRETO

    ResponderExcluir
  4. Oi Luana!
    Tenho muita vontade de ler esse livro, ainda mais porque nunca li nenhum livro com essa temática. E sério que são mais de 800 páginas? Nossa eu nem fazia ideia que ele ela tão extenso! Mas acredito que vale a pena ler.
    Ótima resenha.
    Beijos e um bom feriado.

    http://booksedesenhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Nossa, pela capa eu jamais ia imaginar que a história trata-se disso. Gostei muito, vou procurar para ler agora.
    Gostei da sua resenha e do blog. Já estou seguindo e te espero lá no Pausa também.
    beijinhos.

    www.pausaparaumcafe.com.br

    ResponderExcluir
  6. Ainda não conhecia o livro.
    Mas pelo que pude perceber pela sua resenha, parece ser muito bom. Fora que adorei a capa! rs

    BjO

    ResponderExcluir
  7. Bom tenho que ser sincera e esse tipo de leitura geralmente não me chama muito a atenção. Mas, eu venho lendo muitos romances e é preciso mudar um pouquinho de vez em quando não é?
    Quem sabe eu não leio em breve?
    Um beijo e muito sucesso! ;*

    Juliana . Oliveira
    http://linhasdeencanto.blogspot.com/
    @Julymg2

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia seu livro!
    Gostei da sua resenha...
    Muito bom, flor!!!
    Bjkas e bom feriadinho...

    ResponderExcluir
  9. Shooow esse livro flor!
    Se acaso qualquer dia vc fizer promo dele me avisa ;)
    Ah! Obrigada por participar da minha :)
    Beijinhos *-*

    http://lasociet.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Faz tempo que eu quero muito ler esse livro. Primeiro porque a capa me chamou a atencao e sempre gostei da sinopse. Raramente vejo resenhas sobre ele. Alias, adorei a sua resenha. Deu mais vontade ainda de ler o livro.

    bj.

    http://booksandmuchmore.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Estou aqui através no blog da marli
    gostei muito de ler a resenha do seu blog
    já estou seguindo você .
    Uma linda semana beijos.
    Evanir.

    ResponderExcluir
  12. parece interessante mas não faz meu tipo de livro. mas obg pela dica ;)

    http://www.just-livros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Adorei a historia deve ser muito bom, vou procurar por aqui.

    Parabéns pela resenha.

    E eu sumida so apareço de vez em quando por aqui aff aff
    kkkkkkkkkkkkkkk

    bjus

    ResponderExcluir
  14. Parece bem interessante, vou ler um pouco mais sobre ele e quem sabe eu compro?
    Seguindo, segue de volta?
    Beijos
    www.deboras-paper.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Oie Lu,
    Eu nunca ouvi falar nesse livro.
    Mas só pela capa e pela resenha que você escreveu, nossa... Parace ser uma história incrível.
    Já vou dar um jeitinho de baixar aqui no meu pc.
    Falando nisso, nova seguidora na área.
    Amei o seu template, os seus posts... Estão tudo nota 10.
    Parabéns.
    Meu Blog é: http://www.asrosasnegras.com/
    Estou esperando a sua visita, tá?

    Beijos e até mais ❤

    ResponderExcluir
  16. Eu nunca tinha escutado nada sobre esse livro, mas a resenha fez eu me interessar. Adoro esses livros de ficção e o tema me lembrou um pouco algumas histórias de zumbis, hahah. Vou procurar mais sobre! Ótima resenha!

    Beijos, Sarah @thefactoryblog
    http://thefactoryoffaith.blogspot.com

    ResponderExcluir

Olá!
Deixe aqui a sua opinião sobre a postagem e sobre o blog!
Peço que não usem de palavras obscenas.
Obrigada por comentar!Bom Pensamento!!!
Voltem Sempre*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...