22 março 2012

HOLMES x POIROT - Qual a sua preferência?

Como vão Pensadores?

Bom, sinceramente espero que estejam ótimos por quê hoje eu trago uma postagem muito legal (na minha opinião)  sobre dois maravilhosos personagens da literatura mundial, criados por dois autores mais maravilhosos ainda... 
Quando pensei em escrever essa postagem pensei n seguinte: Queria fazer mais uma avaliação de preferências entre os leitores do blog. E para isso vou expor um pouco sobre nada mais, nada menos do que os detetives mais famosos e perspicazes da história: 

 SHERLOCK  HOLMES                                                                     HERCULE POIROT
                            

E como já diria o meu "amigo" Poirot: "E bien..." a questão que eu trago é: a diferença dessas duas personalidades que são voltadas para as mesmas coisas: A luta contra o crime e resolução de mistérios complicados demais para a Scotland Yard.
Ao longo do tempo li alguns livros que traziam os dois como personagens principais... Livros magistralmente escritos pela grande Dama da literatura policial Agahta Christie e pelo Grande Sir Arthur Conan Doyle ( falaremos dos dois posteriormente), e confesso: SOU FÃ!!!
Livros de mistério sempre me agradaram muito, porquê realmente gosto do gostinho de aventura e amo tentar descobrir a respostas para os casos antes dos detetives...( pode isso?rsrs).
Ao pensar nisso tudo, e perceber no decorrer das leituras a grande diferença entre essas duas personalidades, eu quis trazer pra vocês um pouco dessas diferenças gritantes até mesmo sutis desses distintos cavalheiros! Vamos conhecê-los? 

>>Holmes<<
Holmes costuma ser uma pessoa arrogante, que está correta sobre inúmeros assuntos e com palpites certeiros. A primeira amostra de sua exatidão é descrita em "Um Estudo em Vermelho". Quando Watson e Holmes se conhecem, em alguns poucos segundos Holmes já sabia que ele estivera no Afeganistão.
Além do aspecto erudito, não demonstra muitos traços de sentimentalismo, preferindo o lado racional de ser. Apesar disso, em alguns contos o Dr. Watson diz que a "máscara gelada" de Holmes cai às vezes, dando mais humanidade a Sherlock Holmes.
Orgulhoso, parece dominar vários assuntos sem Doyle descrever seus estudos. Holmes apresenta alguns hábitos peculiares como a prática de artes marciais como boxe, esgrima de armas brancas e de bengala.
Holmes tem como característica não gostar que o interrompam em suas reflexões. Não se vê Holmes estudando sobre tudo, mas domina incrivelmente uma vasta quantidade de assuntos do conhecimento humano, tais como História, Química, Geologia, Línguas, Anatomia, Literatura Sensacionalista, etc.

Descrição: Watson relata também a aparência física de Holmes. Muito alto, possui mais de um metro e oitenta, extremamente magro, pálido, nariz fino. Pratica exercícios físicos apenas se exigidos em sua profissão de detetive. Dependendo do enigma do caso em que estiver envolvido, passa horas fumando cachimbo, que diz esclarecer a mente. Diz-se que é um exímio violinista.
Curiosidades: Sherlock Holmes descreve-se como um "detetive consultor" (um dos exemplos é o início do livro "O Signo dos Quatro"), o que significa que as pessoas vêm-lhe pedir conselhos sobre os seus problemas, ao invés de se dirigir a elas. Doyle conta-nos que Holmes é capaz de resolver os problemas a ele propostos sem sair do seu apartamento, apesar de este não ser o caso em diversas de suas mais interessantes histórias, que requerem a sua presença in situ. A sua especialidade é resolver enigmas singulares, que deixam a polícia desnorteada, usando a sua extrema faculdade de observação e dedução.
Holmes demonstra, ao longo das suas histórias, uma capacidade de dedução e um senso de observação impressionantes, ajudados por uma cultura geral extensa e variada (ele é capaz de identificar a marca de um tabaco somente pelo seu cheiro e pela cor de suas cinzas). Quando envolvido com algum problema, pode passar noites sem dormir ou comer, o que inquieta o seu amigo Watson. Mestre na arte do disfarce, maneja com habilidade a espada e daria, segundo Watson, um bom pugilista.
Outra de suas marcas registradas, a frase: "Elementar, meu caro Watson", foi criada no teatro, com muitas outras particularidades, como o cachimbo curvo do detetive. Muito embora alguns aleguem que se trate de uma das primeiras falas do personagem em seu romance de estreia Um Estudo em Vermelho(1887), ela não se encontra no original nem em outras traduções do texto. No resto de toda a obra, a frase não torna a acontecer, aí sim tendo sido popularizada pelas adaptações das aventuras

>>Poirot<<
De nacionalidade belga (embora muitos o julguem francês), Poirot é uma personagem extremamente extravagante, não é nada modesto, e está sempre se gabando da forma como usa as suas células cinzentas. Possui um grande e belo bigode que é o que melhor o identifica, e tem sempre uma aparência elegante e impecável. O seu nome é deliberadamente absurdo, pois Hercule relembra o herói Hércules da mitologia grega, porém o detetive é um homem pequeno. O sobrenome Poirot tem origem em poireau , que em francês significa alho-porro ou verruga. Poirot é um grande fã da ordem e do método, daí estar sempre impecavelmente vestido.

Descrição"Altura, um metro e sessenta e dois; a cabeça, do formato de um ovo, ligeiramente inclinada para um lado; olhos de um verde brilhante quando excitado; espesso bigode hirsuto como costumam usar os oficiais do Exército; e uma pose de grande dignidade"

Curiosidades: A autora considera-o "um pouco chato" com suas obsessões por "ordem e método". Como muitos personagens da ficção policial, Poirot não se casou. No entanto, teve pelo menos uma grande paixão relatada pela autora: a condessa russa Vera Rossakoff, que conheceu durante investigações de um engenhoso roubo de jóias, ainda no início de sua carreira como detetive particular em Londres.  A condessa apareceu ainda no livro "Os quatro grandes" (The Big Four) como cúmplice dos vilões e também em um dos trabalhos de Hércules, já bem mais velha e dona de uma boîte - a captura de Cérbero, que no livro, era o nome de seu cão ("Nas profundezas do inferno" no livro "Os trabalhos de Hércules"). Esse último livro foi bastante interessante, pois Agatha Christie usou de metáforas para caracterizar cada um dos trabalhos realizados pelo herói da mitologia grega homónimo de seu personagem.

A Despedida: Para evitar que continuassem a explorar seu personagem depois de sua morte, Agatha Christie decidiu matar Poirot em um romance escrito na década de 1940, mas que, segundo ordens expressas suas, só deveria ser publicado após sua morte.
Por essa razão, Cai o pano somente foi lançado em 1975. A ação já começa com Poirot doente e sua morte fecha a trama. Uma despedida dupla, da criatura e de sua criadora.
Fonte: Wikipedia

Minha Opinião: Em relação a diferença notada por mim no passar das leituras tenho a dizer o seguinte: No meu ponto de vista Holmes é uma pessoa totalmente desapegada. Não liga para a aparência que ele tem, afinal suas faculdades mentais compensam. Já o belga Hercule muitas me deixa em agonia com a sua "Ordem e Método". Poirot é alguém que não suporta desorganização e na minha opinião, bem oposto de Holmes... tirando é clara o extremo poder das células cinzentas!!!

Espero que tenham gostado... Em breve, mais um pouco sobre Esse dois hein? E aí? que voce prefere? Comenta aí!!!

17 comentários:

  1. Luuuu!!!
    Tudo de bom este teu post! Achei bem completo e também você ter encerrado com a sua opinião ficou bem legal.
    Os dois personagens são muito bem construídos, mas ainda acho o Holmes mais "embasado", de alguma forma o que ele diz quando "analisa" um caso, me parece mais bem "dissecado", por assim dizer, não sei se deu para entender. Não estou com o livro aqui, mas tem uma passagem em um deles que deixa muito clara essa superioridade, mas agora não vou conseguir expor.
    Beijos e ótimos dias!

    ResponderExcluir
  2. Eu só conheço Poirot e sou completamente fã do detetive e da autora.
    Tenho muita vontade de conhecer Holmes, falta apenas a oportunidade.

    www.amorporclassico.com

    ResponderExcluir
  3. Difícil, não consigo escolher. Cresci lendo Agatha Christie e venerando Poirot, só recentemente é que entrei para o mundo de Sherlock Holmes (depois de ter visto o filme, confesso, porque tinha uma visão errada sobre o personagem). Acho complicado escolher um dos dois já que são tão diferentes e com particularidades que me encantam kkkk.

    Beijos

    http://kastmaker.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá :)
    Apesar de ter em casa 3 livros da Agatha Cristie eu ainda não li os livros e como sou fã do Sherlock já sabe minha preferência né? rsrsrs

    Excelente texto :)
    Beijos e tenha um excelente final de semana
    _______________
    RIMAS DO PRETO

    ResponderExcluir
  5. O post ficou bem informativo. Só não vou opinar, porque conheço, mas nem tanto para falar dos dois!^^
    Beijos!
    http://palomaviricio.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Os dois personagens prestam atenção a mínimos detalhes e sabem organizar a ordem dos acontecimentos, tirando dai a solução de muitos mistérios. Li alguns livros, tanto sobre um quanto sobre o outro, e de certa forma acho as histórias envolvendo Holmes mais emocionantes - com mais ação.
    Gostei muito do seu post, muito bem construído, "amarrado", com boa exposição das características dos personagens.

    ResponderExcluir
  7. Prefiro o Holmes!

    sonhodenuvem.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Oi. Tem meme para você lá no blog. Se quiser fazer, ficarei feliz.
    http://meumundomeioestranho.blogspot.com.br/2012/03/meme-das-11-coisas.html

    Parabéns pelo blog.
    Beeijo.

    ResponderExcluir
  9. Não sei qual escolho :/ os dois são muito espertos!
    Adorei o post!Super legal!
    bjs
    http://modadajuuhcastro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Linda tem selinho pra ti lá no meu blog: http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/
    Mil Beijos!

    ResponderExcluir
  11. seguindo vc
    Tem sorteio de Páscoa para vocês *-* Só que é o seguinte, o coelhinho da Páscoa Trouxe um Kit de Make ao invés de Ovos de Chocolate. Tem algum problema? Rs'

    http://​teentacao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oiiie!
    Tem selinho pra você lá no blog!
    Beijos. *-*

    http://muchdreamer.blogspot.com.br/2012/03/selinho-3.html

    PS: Prefiro mil vezes meu Holmes. Sou fã!

    ResponderExcluir
  13. Olá!Boa noite!
    Os dois tem estilos "parecidos" e detalhistas, porém prefiro o do Holmes.que tem mais ações intrigantes!
    Boa semana!
    beijos

    ResponderExcluir
  14. Boa noite, Luana.
    Li todos os livros do Holmes há uns vinte anos atrás e os estou relendo novamente por esses dias.
    Já Hercule Poirot eu nunca tive a oportunidade de ler, mas seu excelente post me deixou curiosos sobre o personagem.
    Valeu.

    ResponderExcluir
  15. Putz sinceramente? Fico com o Poirot kk sorry Holmes =/ Acontece que leio os livros da Agatha desde pequena, eu cresci com o Poirot tanto que chorei muito lendo cai o pano!
    Amei o post!
    Beijoos!

    CC
    blogcabelosaovento.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Adoro o Sherlock Holmes!
    Nós te indicamos para um Meme no blog :)
    Beijos!
    @teens_books
    http://teens-books.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Não é exagero dizer que ambos são fora de série. Característica investigativa em comum: Holmes e Poirot não se prendem apenas à cena do crime, vão além do que está nela, focam muito nos suspeitos e pessoas envolvidas. Analisam muito as roupas,modo de andar e objetos, e levam estas observações para a cena do crime. Diferenças: Holmes é doutor em disfarce e espionagem, veste-se de mulher, mendigo etc. É também muito excêntrico e impulsivo, um homem de ação. Poirot,é mais mente (não que Holmes não seja, "elementar, meu caro"), cria armadilhas para o suspeito, seja com perguntas ou observando atentamente a reação dos mesmos, dissimula, finge que não está atento, em alguns casos até mostra indiferença, mas as famosas "células cinzentas" estão a pleno vapor. Decisão: Não li todos os livros, mas li ambos autores, e voto em Poirot, pela sua capacidade de prever e fazer retrospectos precisos do crime, e ao mesmo tempo é divertido sem fazer esforço. Meus cumprimentos e respeito para todos os fãs de Holmes e Poirot.

    ResponderExcluir

Olá!
Deixe aqui a sua opinião sobre a postagem e sobre o blog!
Peço que não usem de palavras obscenas.
Obrigada por comentar!Bom Pensamento!!!
Voltem Sempre*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...