18 outubro 2014

Eu Li #41 * O Que Me Disseram As Flores - Alane Brito

Olá Pensadores do meu coração!

Como está o mês? Muitas leituras? Espero que sim!
Bom, participei do BookTour do livro da escritora parceira aqui do blog Alane Brito, que acabou de lançar o seu segundo livro (palmas!) O QUE ME DISSERAM AS FLORES, pela Editora Literata. Eu já resenhei o primeiro livro que se chama O TRIO (AQUI) e que foi publicado pela Editora Novo Século e é maravilhoso!
E então, vamos conhecer o livro? Simbora!


Edição: 1
Editora: Literata
ISBN: 9788582700389
Ano: 2014
Páginas: 290
Sinopse:
Presa a uma promessa feita por seu pai, Ângela decide desafiá-lo a aceitar que não é vontade dela se casar com alguém que conhecia apenas através de cartas. Deixando-se levar por uma mentira, William viaja até a prometida, acreditando encontrar uma moça tão apaixonada quanto ele.
Entretanto, depara-se com a força da raiva de alguém com quem sonhava passar o resto de sua vida. Por conta do grande amor que aprendeu a nutrir por ela, decide, então, lutar para conquistá-la. Usando a linguagem das flores para se declarar e, cada dia, se revestindo de uma força descomunal para suportar as palavras afiadas e suas duras atitudes, ele tenta encontrar uma maneira de fazer com que o ódio, que ela tanto demonstra sentir, se transforme em algo bom, mas para isso ele mesmo precisa continuar acreditando que é possível... Um grande amor é realmente capaz de suportar tudo? Conheça a emocionante história de duas pessoas numa mesma batalha, mas que lutam por desfechos diferentes. E que vença o mais obstinado. 

Meu Comentário:

Em um cenário campestre e a primeira vista muito simples, se desenrola uma história forte e surpreendente que através de um diário é revelada a Raquel que está furiosa por ter que se mudar da cidade, deixar os seus amigos e a vida badalada de uma adolescente nos dias atuais para viver uma fazenda no meio do nada. Repleta de lágrimas, sorrisos, tragédias e... amor. Ângela é filha de um importante fazendeiro que em sua juventude fez uma promessa ao melhor amigo e precisa cumpri-la, o que sua filha discorda veementemente... Já que a promessa trata-se de sua mão estar prometida em casamento ao filho do amigo do seu pai, um rapaz chamado William que aprendeu a amá-la através das cartas envidadas desde sempre um para o outro e pela força da promessa dos seus pais.
Porém, depois de alguns anos Ângela exige que o pai conte a William que ela desistiu do casamento. Achando que está apaixonada por seu amigo Felipe ela se recusa a aceitar a promessa que acha um absurdo! Mas o Pai é firme e continua afirmando que ao rapaz que está tudo bem, até que ele decide vir a fazenda, e é assim que a verdadeira trama desse romance se inicia, provando a quem lê o que a força de tantos sentimentos são capazes de fazer.
Eu não sabia o que eu sentia. Só tinha a certeza daquele dia ser o pior dia da minha vida. Pg. 37.
Quando o personagem de Willian é apresentado na história ele imediatamente encanta! É um gentleman... Daqueles que vemos em conto de fadas e é por ser tão educado que Ângela assume como missão de vida odiá-lo e fazer a sua vida uma infelicidade só! Por não aceitar tanto carinho e até mesmo a devoção de William, por ele não responder às provocações infantis e até mesmo covardes que ela o submete, ela sente que o ódio (ou pelo menos ela acha que é) e tenta fazer de tudo para que ele desista dela, do casamento e de tudo o que ele um dia sonhou em relação a uma vida junto a ela... E é nessa hora que ela faz um pedido capcioso: Fazer com que ele plante uma pequena parte de um jardim estéril que ela possui. Ele aceita. 
A temática principal do livro são as flores e o que elas revelam a Ângela sobre o grande amor de William, através da linguagem das flores e como não quero entrar em detalhes para que o encantamento que eu senti em relação a isso se repitam em vocês! 
"Se a consequência de amar demais é ficar abobalhada, que eu me torne uma demente"... 
Planos, cenas e palavras torpes são como flechas que Ângela mira direito no coração de Willian. Tentando sempre dissuadir as ideias loucas de Ângela, sua amiga Lilian se frustra enquanto tenta pôr juízo na cabeça da amiga que é deveras impetuosa.
Muitas coisas acontecem e outros personagens são apresentados e tem o seu papel bem explicado na história, principalmente Felipe (irmão de Lílian) e Leonardo que surge despretensiosamente mas que se revela uma peça chave para a evolução de Ângela como personagem.
Bom, iniciando a minha análise da história e da minha experiência de leitura eu posso afirmar que esse é um dos melhores romances de época que já li, e dos atuais ao lado de O Pássaro da Samanta Holtz esse certamente lidera!
O que me disseram as flores trata de amor, amizade, integridade, ódio, amadurecimento e muitas outras coisas essenciais e que nos proporcionam lições que ficam para sempre. São livros assim que todos nós deveríamos ler de quando em quando e eu simplesmente amei ler esse nesse momento! 
"Foi agradável... Parecia que éramos um rapaz e uma moça sem problemas entre si, sem interesse algum, simples amigos que se juntaram para usufruir do mesmo prazer." Pg. 140.
Amo ler livros aonde são contadas histórias dentro de outras histórias e nesse livro temos 3 cronologias diferentes apesar que apenas uma delas se torna central no livro. No início fiquei meio confusa, mas essa sensação logo passou quando a trama começou a se desenrolar.  

Sobre os personagens o que eu tenho a dizer é: Como eu já disse, não tem como não amar o William, mas dá uma aflição quando ao invés de explodir com a situação, ele simplesmente releva... Apesar de entender o lado da Ângela, que está sendo obrigada a casar com alguém que não ama, fica difícil suportar tantas "maldades" que ela faz com o William, e acaba sendo difícil sentir simpatia por ela. Lilian, a típica amiga boazinha é daquelas que vive atrás da amiga, tentando fazer com que ela não faça tanta besteira. O Felipe é um cara íntegro que é simpático durante toda a história, mesmo quando precisa desistir do seu amor para ser correto ele é firme, achei fofo! Já o Leonardo... Bem é um personagem meio que controverso que odiei desde o início mas no final... bem, é necessário ler pra entender.
Ufa! A capa do livro é LINDA e a fonte usada foi bem diferente do que estou acostumada (não me recordo agora do nome, rsrsrs) e eu adorei, foi bem agradável durante a leitura, além das folhinhas amarelas, parabéns a Editora Literata! A escrita da Alane é super gostosa e fluida assim como no outro livro, apesar de serem tão diferentes e eu indico essa leitura sem dúvida alguma!Ah, e a ideia central do livro foi divina! Você com certeza vai refletir muito sobre o amor e sua força. É um livro emocionante! Parabéns Alane e que venham muitos outros livros maravilhosos para abrilhantar a nossa literatura nacional e as nossas vidas!
A rosa já era de praxe, mas o alecrim... Este, num pedido que rasgava o seu peito como garras de uma besta enfurecida, significava: "Não me esqueça". Pg. 284

E aí, quem já leu? E quem não leu e vai ler?Me contem tuuudo! 
Beijão!

4 comentários:

  1. Obrigada, Luanaaaaa!!! Fiquei toda boba lendo a resenha!! rsrs Linda por sinal!!! Fiquei muito feliz por saber que gostou tanto, o segundo livro parece ser mais tenso com relação à perspectiva do público. Muito obrigada por cada palavrinha! <3

    Beijão!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alane!
      Fico muito feliz por você ter gostado, cada palavra foi muito sincera!
      Obrigada por escrever!
      Beijão!

      Excluir
  2. Primeiro quero agradecer seu comentário lá no blog. Obrigada pela atenção!!!
    Seu blog continua lindo, parabéns pelo trabalho!!!

    Não conhecia esse livro mas amei a capa e pelo que li na sua resenha ele tem uma história bem interessante, intensa e cheia de mensagens.

    Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline!
      Que isso, eu que agradeço a tua visita!
      Muito obrigada pelas palavras e pelo coment... Espero que você possa ler "O que me disseram as flores" que ótimo!
      Beijos*

      Excluir

Olá!
Deixe aqui a sua opinião sobre a postagem e sobre o blog!
Peço que não usem de palavras obscenas.
Obrigada por comentar!Bom Pensamento!!!
Voltem Sempre*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...