26 abril 2016

Eu Li #48 * Surpreendente! - Maurício Gomyde

Olá Pensadores!
Como está a vida de vocês? Muita correria? Fora algumas questões de saúde que tenho resolvido está bem tranquila. Tenho lido bastante e voltado com muita vontade pra cá. Quando fico muito tempo sem poder vir aqui, fico triste... Mas estou me habituando com o ritmo das postagens e estou aberta a sugestões ok? Também estou lá no Instagram com a página do blog @blogpensamentoad e a minha page pessoal @luana.amcosta . Passem lá se quiserem! A postagem de hoje é uma resenha de livro nacional, de um autor parceiro e muito querido, o Maurício Gomyde. Vocês conhecem não é? Então vamos conferir! 
OBS: Já aviso que tentei não passar tantas informações sobre os acontecimentos centrais para que a leitura exerça toda sua capacidade. :)
Preço: R$19,86 até R$28,11
MEU COMENTÁRIO: 
Se você passar toda a vida sem fazer algo excepcional por alguém, viver não terá valido a pena. 
Pedro é um jovem idealista e cheio e revolucionário, ama as artes e é um ótimo amigo e filho. Se você está achando que ele é um clichê... Está enganado.
Recém formado em cinema, Pedro é portador de uma doença oftalmológica degenerativa, que ao invés de cegá-lo em pouco tempo como previam os médicos, estacionou misteriosamente, deixando o rapaz com uma certa porcentagem de visão em cada olho. 

Esse acontecimento o tornou um milagre para os médicos e intimamente, para ele mesmo. Pedro então, ama a vida de modo desenfreado e quer fazer a diferença no mundo e na vida de outras pessoas através do "Cinema Felicidade", que é como ele chama a sua ideia de filmes que mostram a beleza e as coisas boas que existem. Através de sua paixão pelo cinema e pela música Pedro pretende "salvar vidas" e por isso trabalha em uma das poucas locadoras existentes, a VIP, desconsiderando a sua classe social, como a mãe dele sempre fala.
Com um bom relacionamento com a família, especialmente com o pai, Pedro divide a sua rotina entre a gerencia da locadora e o SubCultural, que é um cineclube no subsolo do Cultural, um tipo de lanchonete/bar. Além disso, mantém uma amizade super linda com o Fit e com a Mayla, sobrinha de dona Rebeca, dona do cultural. Acrescentada a esse time, teremos a Cristal, uma garota de cabelos vermelhos que irá balançar o coração do nosso protagonista e o fará desapegar de uma antiga paixão.
A vida segue descomplicada enquanto Pedro planeja o roteiro que irá lhe trazer um dos prêmios mais almejados para qualquer cineasta que se preze, o Cacau de Ouro, e é nisso que ele está focado junto ao amigo Fit quando a vida e suas convicções sofrerão grandes golpes, no trabalho, saúde e vida familiar, que o levarão a questionar tudo no qual ele acredita e defende, mas também o levará em busca da verdade, seja em seu interior ou em tudo o que rodeia.

Todos os acontecimentos levarão Pedro e os seus amigos a Pirenópolis - GO em uma viagem só de ida à bordo de um Opala, com um destino certo (a casa da avó), uma verdade a ser descoberta, um roteiro em aberto, uma enorme determinação de fazer tudo diferente, um plano imperfeito e por isso mesmo surpreendente. Nada será tão sincero quanto essa aventura e a leitura de cada cena é algo especial pois em cada linha estão intrínsecos a (des)esperança, o amadurecimento e relação entre perdas e conquistas na vida de Pedro. É o roteiro da vida dele o que faz a leitura ser emocionante. 
Surpreendente! é um livro para ler com a alma e nos proporciona grandes reflexões em cada capítulo. Cada citação se encaixa perfeitamente com o texto do Maurício. Cada descrição chama a atenção, enfatizo aqui a cena da queda do carro do penhasco ao pôr do sol com trilha sonora, arrepiei com a imagem que a minha imaginação pintou. As músicas (apesar de não conhecer muitas) e os filmes citados tornara-se elementos essenciais para a personalidade do livro. Os diálogos foram magistralmente escritos, bem humorados e inteligentes, com certeza senti vontade de conhecer esses personagens maravilhosos, e tão humanos!
O final traz descobertas para Pedro e para nós leitores também de modo que não há monotonia durante a leitura, cada acontecimento é algo que foge do comum e faz dessa história algo simples, sem floreios e essencialmente singular. 
-Preciso que ela continue acreditando na minha teoria de que o cinema, a música boa e a literatura são instrumentos da Santíssima Trindade para salvar o ser humano da derrota como espécie. (Pg.13) 
No início me identifiquei com o Pedro por ele gostar de música, cinema e literatura, porém depois ele me pareceu certinho demais, um espírito elevado e excessivamente positivo, apesar de ser super bem humorado e bom de papo. Depois, com o decorrer da história passei a compreendê-lo melhor e entender o porquê de sua personalidade carismática e otimista. Percebi que tudo é uma questão de escolha. 
Ele tinha tudo para ser revoltado e negativo porém foi escolha dele nadar contra a maré. E foi aí que eu percebi que a minha estranheza em relação a ele se devia ao fato de que a personalidade do personagem era o contrário do que se esperava. 
A narrativa é tão fluida que dá para se sentir no círculo de amizades de Pedro, sofrendo com ele as desilusões acerca de suas convicções e aprendendo com ele, um otimista convicto, que no mundo também existem coisas ruins e que embora tais coisas sejam revoltantes, são necessárias para que as palavras e sentimentos bons se sobressaiam em nossas vidas. Isso faz do viver algo extraordinário.
As escolhas de nomes para os filmes do protagonista (Feliz!, Incrível! e Surpreendente!) foram ótimas, e o símbolo ao qual Pedro se pega, o olho turco, é uma das referências mais legais do livro. As cenas e ambientes descritos são feitos tão detalhadamente que imaginei cada um deles (sou dessas, rsrsrs). Posso definir esse livro como cinematográfico! 
A editora Intrínseca fez um excelente trabalho, a capa do livro é linda demais, uma das mais lindas que possuo na minha estante. A diagramação está ótima, as folhas são amarelas, com exceção de cinco divisórias na história que nos trazem frases lindas que agregam muito à leitura geral do livro, essas são folha azuis. Uma lindeza! 
Por fim, quero parabenizar o querido parceiro Maurício Gomyde por nos presentear com mais essa história maravilhosa e colocar tanto carinho em cada cena escrita. Agradeço também por sempre lembrar-se de nós, blogs parceiros! 
Essa história eu indico com certeza!
 Quem aí já se SURPREENDEU (não resisto...rsrs) com essa história maravilhosa? Me contem tudo!
Beijos!
Lua.

11 comentários:

  1. Parabéns pela resenha Luana! Estou ansiosa para ler Surpreendente! Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nessa,
      Espero que possa ler logo!
      Beijo!

      Excluir
  2. Oie Lua,
    Quando lançaram esse livro do Maurício eu fiquei doida pra ler, mas ainda não tive oportunidade, mas em breve terei, assim que as finanças melhorarem quero comprar. Gostei da sua resenha e o modo como o livro te tocou, espero gostar tanto quanto você. Uns anos atrás conheci o Maurício ao vivo e posso dizer que foi a primeira vez que soube o que é estar diante de alguém que admiramos somente de longe. Alguém que veio para tocar o mundo com as palavras de seus livros. Obrigada por mais esse estimulo para adquirir a obra.

    Beijos
    http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elis!
      Concordo contigo. Fiquei igualmente emocionada quando conheci a Samanta Holtz...
      Fico feliz que tenha gostado e espero que possa ler logo!
      Beijo!

      Excluir
  3. Lua!
    Já li todos os livros anteriores do Maurício, falta essa...mas pretendo ler assim que der.
    Os livros dele são maravilhosos, as histórias tocam fundo.
    Sou fã!

    “A sabedoria é a única riqueza que os tiranos não podem expropriar.” (Khalil Gibran)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista especial de aniversário em abril: com 6 livros 5 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rudy!
      São mesmo. Ainda não tive o prazer de ler todos... apenas esse e "Ainda não te disse nada". Ambos são maravilhosos!
      Um beijo e obrigada pela visita!

      Excluir
  4. Eu não conhecia essa história, mas gostei bastante do enredo e do seu post. É um livro que gostaria de ler sim.
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabi!
      É um livro ótimo. Espero que possa ler e ame!
      Beijo!

      Excluir
  5. Já li muitos elogios a esse livro, mas ainda não tinha me empolguado para lê-lo até agora. As suas palavras me convenceram que esse livro é uma lição de vida e confesso que lembrei do clássico Poliana de Eleanor H. Potter, onde a protagonista faz o "jogo do contente" ou seja tentar ver o lado positivo de tudo que lhe acontece. Enfim amei saber suas impressões e amei a dica. Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline,
      Sim, Pedro é "uma" Poliana moderna e realista mas que também tem o seu momento de ver o lado feio da vida.
      Espero que leia.
      Beijos!

      Excluir
  6. Já ouvi falar muito sobre este livro. É tanto autor nacional bom né?
    Gostei muito da resenha, e essa capa eu acho linda demais!!

    Colecionadores de Livros

    ResponderExcluir

Olá!
Deixe aqui a sua opinião sobre a postagem e sobre o blog!
Peço que não usem de palavras obscenas.
Obrigada por comentar!Bom Pensamento!!!
Voltem Sempre*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...